As infrações à  ética na publicidade médica e de outras profissões da saúde estão sempre sendo vistos por aí, como os casos de fotografias durante cirurgias, mostrando os pacientes inclusive em situações constrangedoras.  Mas você confiaria em um profissional que não segue a ética de sua profissão?

É importante ressaltar que o médico tem direito, sim, de fazer publicidade dos seus serviços, inclusive com o uso das redes sociais, mas se atendo aos padrões éticos, sem infringir nenhuma norma do Conselho Federal de Medicina nem da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, respeitando as leis e, principalmente, o paciente.

Para isso, o SBCP-MG criou uma campanha contra esses profissionais que desrespeitam o regulamento. Confira abaixo:

 

 

Latest Update: fev 22, 2018